Etiquetas

, , , , , ,

Uma vez, há alguns anos, vi na TV uma parte do programa Café Filosófico – acho que era esse programa – eles falavam de como a depressão pode trazer desenvolvimento, citaram o filme Alguém Tem Que Ceder falando sobre como a personagem de Diane Keaton estava com um bloqueio criativo, foi uma depressão pós relacionamento que ajudou-a a criar a peça que estava tentando escrever.

Acredito que sempre que há grandes mudanças – na vida de alguém ou em uma casa, cidade ou país – um momento caótico as antecederá. Antes da Ordem vem o Caos, é preciso ter coragem pra assumir os riscos da transição.

Estava lendo um Guest Post do blog da Lola sobre o MADA (Mulheres que Amam Demais Anônimas) e esse tema voltou à minha mente. Em uma parte do texto a moça, que participa do MADA, diz que “Da fraqueza veio a força”, ela estava em crise e procurou o MADA buscando uma mudança, lá pôde encarar seus problemas com o apoio de outras mulheres e hoje já consegue entender e enfrentá-los de frente, pode, inclusive, ajudar outras mulheres que procuram o grupo.

Sem reconhecer nossas fraquezas, não conseguimos resolver os problemas que as acompanham. Já passei por crises e depressão, hoje sei que sem elas não seria o que sou; foi aquele período de tormentas que possibilitou a paz e tranquilidade que sinto hoje.

Anúncios